11 de abr de 2011

Nostalgia





Tenho andado tão longe e tão perto!
Tenho olhado sem olhar
e falado sem pronunciar!

Tenho feito tanto, mas tenho feito nada
É nessas horas que voam e que se demoram
quando penso sem pensar!

É um ir sem delonga
Mas um ficar sem remorsos

É uma saudade imensa de estar la
É um amor sem fim que me invade sem licença
É chegada a hora...
Preciso ir
Preciso ficar
Ir longe e ficar perto
Poder falar sorrindo...

E ai??? Ai que ja sinto saudades daqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário