14 de set de 2010

Solidão - Paulo Coelho

As vezes me pego pensando nos monstros que nós mesmos criamos.
Nossa mente eu tenho certeza, é a dona dos nossos dias mais gloriosos entretanto é tambem dona dos chuvosos e dilaceradores dias e noites intermináveis.
Criamos sombras e situações que passam a viver conosco, dá medo da solidão mesmo estando no meio de milhares de pessoas. Mas o que é isso??????
Inúmeras vezes me pego pensando e percebo que somos donos realmente das nossas próprias histórias. Podemos escolher entre seguir e parar...mas pode ser seguir errando e parar de acertar tambem.
Alimentamos nossos monstros...Veja o meu caso...estou aqui longe do que é de fato mais importante pra mim: minha familia.
La na minha doce Pelotas eu podia diariamente olhar nos olhos dos que amo, podia passar uma tarde de domingo tomando o cafe mais maravilhoso acompanhado de biscoitos caseiros feitos por minha vó e por minha tia. Poderia passar e dar um beijo melado no rosto do meu pai e entrar gritando na casa da minha outra vó: Eronda , eronda, erondaaaaaaaaaaaaaaaa!!!! Podia passar pegar minha irmã e ir tomar um chocolate quente numa cafeteria qualquer....
Por um tempo eu conseguia segurar estas vontades guardadas la dentro de um bauzinho que guardo no fundo do meu coração, mas depois que o meu marido voltou pra la e foi correr atraz de nossos sonhos...esse bau transbordou....
Tem dias que acordo com um aperto no peito de tanta saudade acumulada nesse bau e fico pior ainda quando percebo que na realidade eu sou a única culpada por este sentimento de "vazio". Afinal fui eu quem vim pra longe...
Alguem pode me dizer: -...mas pense...outras pessoas estão mais longe ainda...-  mas de pronto responderei que felizmente ou infelizmente eu não tenho estrutura emocional pra viver longe dos meus, portanto eu jamais iria para um lugar mais distante por tanto tempo...porque amanhã pode ser tarde...
Por um tempo se consegue viver sem amores e quando falo deles me refiro a toda forma de amor...principalmente o amor que Deus nos envia de presente quando nascemos, o da familia.
E nestas horas eu lembro do meu amigo Adriano que diz: "Tu não tem familia!!!!" Levei um tempo pra entender, algumas vezes briguei, mas hoje eu entendo...realmente NO MOMENTO eu não tenho...
"A solidão vicia tanto como as drogas mais perigosas" - Paulo Coelho



Um comentário:

  1. Minha negrinha querida. Te entendo e te digo para aguentares firme até o momento certo, tu vais saber quando...
    Deixei para ti dois selinhos para colocares neste lindo blog.
    Um grande beijo minha amiga!

    ResponderExcluir