14 de out de 2010

Coisas estranhas!

Não sei o que aconteceu comigo de ontem pra hoje, mas andei fazendo coisas estranhas....
Sim, estranhas. Primeiro que cheguei do curso de costura ja eram quase 23 horas e estava com uma fome danada. Abri a geladeira e comecei a tirar as verduras estragadas. Isso é o que dá passar tanto tempo sozinha, a feira da semana estraga todinha dentro da geladeira pois não da tempo de consumir já que as quantidades são para famílias e não individuais. Sei que até tem as porções individuais, mas são bem mais caras que as comuns, então compro destas e no final de uma semana coloco fora o que literalmente apodreceu!
É pensando nisso que vou começar a postar sobre as comidas rápidas que podem ajudar quem também passa pela situação! O nome da coluna será "Pratos Práticos", pois além de utilizar as verduras e outras coisas que estão morando na sua geladeira, será preciso que sejam pratos rápidos, pois tempo é uma coisa que falta hoje em dia!
Se perguntarem se eu gosto de cozinhar a resposta é imediata: NÂO!, mas como o ditado diz: Quem não tem cão, caça com gato! Mas enfim esta questão "culinarística" fica para o primeiro “post” onde vou mostrar a maravilha que saiu ontem a noite do meu microondas!!!
Voltando as coisas estranhas, a segunda delas foi que acordei de madrugada por volta de umas 5 horas da manhã e em função da janela sempre estar aberta, acabei ouvindo alguns pássaros cantando e então pensei: "Que fantástico isso!!!!!", logo acrescentei ao meu pensamento que queria gravar, mas meu celular não seria tão potente para capturar aquele som que não me permitiu qualquer movimento, eu queria mesmo era aproveitar aquele canto da natureza...
O terceiro fato e o mais impactante foi que vindo para o trabalho como sempre, fui ler os poemas que estão dentro dos ônibus de Porto Alegre! E pasmem descobri que sou "terrivelmente ignorante", pois não fui capaz de entender o seguinte poema ou poesia, porque agora já nem sei mais o que é cada um deles de tão abalada que fiquei - rsrsrsrs. Se alguém quiser me ajudar a compreender fique a vontade:

SORO CASEIRO

Toda mulher é água
(residência de pausas)


Agora me diga se você entendeu? fiquei pensando...acho que talvez a poeta tenha tentado colocar algumas duvidas na cabeça do leitor, mas na minha só ficou a tentativa de conexão e apenas liguei água e soro. Sinceramente eu não entendi. O meu colega Adriano disse que o significado é que a mulher é um remédio caseiro! Será? Se mais alguém puder me auxiliar...fique a vontade!!!!!!

Depois de me sentir uma burra andando de onibus observei pela janela, em uma praça dois bancos, com alguns metros de distancia um do outro. Em cada um deles uma pessoa sentada, no primeiro um homem e no segundo uma menina!!! fiquei pensando o quanto estranho era aquilo...nós humanos somos estranhos mesmo, uma isolação diante de uma multidão. Duas pessoas paradas naquela praça que nunca vejo ninguém, será que seriam parentes, seriam pai e filha, seriam namorados de mal?????
Enfim, o que eu tenho que ver com isso??????? não sei, mas analisei e isso é estranho em mim. O que será que aconteceu comigo???????????????

3 comentários:

  1. Amiga você anda tomando algo?...rsrsrs...
    Nossa quando não tiver comida liga para vizinha do 416..huahuaa

    ResponderExcluir
  2. Mas é uma burra mesmo,... não entendeu o poema??? Bah...também sou burra! kkkkkkkk
    Bjos.

    ResponderExcluir
  3. Sabe o que me chamou a atenção? Não foi você não entender o poema e sim a tua acordada as 5 da manhã ouvindo os pássaros!!! Cara que coisa fantástica, isto é indício de felicidade!!! Apreciar as pequenas coisas, as coisas singelas e achar lindo!!! Ver o belo nas coisas mais simples é tudo de bom!!! E pra finalisar mais uma frasezinha: "Tenha a mais legítima das ambições: ambicione ser Feliz!"
    Beijus.
    SuperBeto

    ResponderExcluir